Levar um Galaxy Note 7 em um avião agora é um crime federal nos Estados Unidos

Levar um Galaxy Note 7 em um avião agora é um crime federal nos Estados Unidos

postado em: Novidades | 0

Nos últimos meses, aconteceram vários casos em que o Smarthphone da Samsung: Galaxy Note 7 “explodiu”. A própria Samsung determinou a descontinuação da produção do Galaxy Note 7, e iniciou o programa de recall, com a recomendação para os usuários desligarem o aparelho imediatamente.

A FAA(Administração Federal de Aviação) já havia emitido a recomendação para que proprietários do Smartphone desligassem o aparelho durante os vôos. Porém, no dia 15 de novembro, conforme divulgação pelo The Verge, esta proibido levar o Galaxy Note 7 dentro de um avião nos Estados Unidos. Na verdade a posse do Smartphone passou a ser considerada crime federal.

Esta proibido transportar um Galaxy Note 7 dentro de uma aeronave, seja pessoalmente, na bagagem de mão, bagagem despachada ou como carga. Sendo que quem violar a regra, esta sujeito a multa de até US$ 179,93 por dia de violação. Também podendo ser processado resultando na prisão de até 10 anos.

Os passageiros que trouxerem inadvertidamente o Galaxy Note 7, devem desligá-lo imediatamente. Funcionários dos aeroportos também foram instruídos a negar o embarque do passageiro que estiver em posse do aparelho.

O documento oficial você pode conferir aqui.


Nesta Segunda (17/10), seguindo a ação dos Estado Unidos, o Japão também começou a barrar os passageiros que portarem um Galaxy Note 7 devido ao risco que o dispositivo oferece. No anuncio do porta-voz da JAL (Japan Airlines) foi informado que qualquer um que tentar viajar com o Smartphone, pode ter o aparelho confiscado. Mas o porta-voz também disse que não houveram instruções claras em medidas de punição.

Ao que tudo indica essa medida irá se espalhar por todos os aeroportos, sendo que países como Coréia do Sul, Singapura e Malasia também já tomaram a medida.

 

Deixe uma resposta